Relato – IX Meia Maratona Internacional de São Paulo

Relato – IX Meia Maratona Internacional de São Paulo

Neste primeiro dia do mês de março foi realizada mais uma edição da Meia Maratona Internacional de São Paulo, contando com os percursos de 21k e 5k.

A retirada dos kits se deu na sexta e sábado – pouco antes do evento – no ginásio do Ibirapuera, como nos anos anteriores. Retirei no sábado por volta das 9:30. Local bem vazio, sem filas, proporcionou uma retirada bem rápida. A composição do kit não mudou: camiseta, número de peito, chip descartável, materiais de merchandising. O local também contou com uma feira, mas achei bem pequena, poucos expositores. Neste ponto a Golden Four Asics da um banho.

São Paulo amanheceu com o dia nublado, porém o sol se fez presente durante toda a prova.

Noite bem mal dormida, praticamente cochilei umas três horas e as 5 da manhã já estava de pé me preparando para a corrida. Café da manhã da vez foi pão sovado.

Sai de casa rumo a praça Charles Muller, Pacaembu, local da largada, por volta das 5h50. Leia Mais

Treino para queimar gordura abdominal

Por Fausto Fagioli Fonseca (o2porminuto)

Fator de risco para doenças cardiovasculares, o excesso de gordura abdominal não é nada fácil de ser eliminado. Corredores de rua, porém, dispõem de um poderoso aliado contra a gordura acumulada na cintura: os treinos intervalados, modalidade de corrida de alta intensidade seguida de um breve descanso. Sim, a atividade que os treinadores colocam na planilha dos seus corredores com a função de aumentar a velocidade, a explosão e, consequentemente, baixar os dígitos do cronômetro nas provas também pode derreter a gordura em excesso que insiste em se alojar no seu abdome.

“Esse exercício desencadeia uma série de respostas específicas sobre o organismo que nenhum outro tipo de treino é capaz de provocar”, exalta o fisiologista Luiz Riani, do Instituto Vita.

Essas respostas se caracterizam, por exemplo, pela variação da frequência cardíaca, por estímulos biomecânicos e pela liberação de hormônios que se ligam a receptores localizados no tecido gorduroso abdominal, estimulando o corpo a usar essa gordura como fonte de energia. Leia Mais

17 dicas para ser um amador de elite

Participar de provas como atleta amador já não é o suficiente? Você precisa baixar o seu próprio tempo, ainda que isso não garanta prêmios nem honras, apenas satisfação pessoal? Como essa necessidade é sempre crescente, uma vez alcançada uma meta, imediatamente nasce outra. Desta vez (quem sabe?), chegar na frente do pelotão de elite. Todo corredor com espírito competitivo é assim mesmo, movido a desafios. Quer buscar o seu melhor. Mesmo sendo amador, sonha com uma conquista. Isso aumenta a confiança e melhora a autoestima. “Cada vez que isso ocorre sinto-me como um medalhista olímpico”, conta o jornalista Rogério de Moraes, que descobriu os prazeres da corrida há três anos. “Não é o recorde mundial, mas é o meu recorde”, diz, definindo o espírito da coisa.

A boa notícia é que é possível bater recordes pessoais e cruzar a linha de chegada na frente, mesmo sendo amador — no caso, amador de elite. Todo mundo (e isso inclui você) tem potencial para ser a bolacha mais recheada do pacote, mas para isso é preciso ter fome de vitória, ou “sangue nos olhos”. Sem garra e determinação, nada feito. Para ajudá-lo a chegar lá, consultamos especialistas nas áreas de treinamento (Marcelo Butenas, diretor técnico da Butenas Assessoria Esportiva) e psicologia do esporte (João Ricardo Cozac, presidente da Associação Paulista da Psicologia do Esporte, e Daniela Chaves, colaboradora da Comissão de Psicologia do Esporte do Conselho Regional de Psicologia do Paraná), além de atletas que integram o time de elite. O resultado é este, digamos, guia de autoajuda. Confira e depois diga se vale ou não a pena sair correndo. Leia Mais

Relato – Treinão – Fila Night Run

Apesar de não ter me inscrito na prova da Fila e estar com pendência um longo, acabei indo de pipoca com objetivo de fazer 15K em ritmo moderado como pretendia fazer no tal longão. Antes iria fazê-lo ao fim da tarde no Ibirapuera, mas a Amanda chamou para ir junto para a prova que ela iria participar e aproveitei para usar um ambiente diferente para o treino.

Chegamos no estacionamento por volta das 18h30min, somando mais meia hora de caminhada até o local da estrutura do evento e largada (cerca de 3km). As 19 horas, já no local, pronto para correr. Tinha me preparado para correr com o celular, curtindo uma música, e planejado ir em um ritmo  moderado (6 min/km +), mas o tempo prometia uma chuva, acabei abandonando a ideia. Outra coisa que planejava era sair com o pessoal dos 10K, mas assim que foi dada a largada dos 5K, e para não deixar a Amanda esperando quase 40 minutos eu terminar um treino, decidi ir mesmo com o pessoal dos 5K para fazer os 15K.
Leia Mais

Melhore a técnica com educativos

Use os exercícios educativos para aperfeiçoar sua postura e ter melhor rendimento na corrida
Por Denise Schipani

Cada um tem seu jeito de correr, mas todo corredor deve procurar aprimorar a postura, gerando economia de energia, conforto e segurança. É aí que entram os exercícios educativos, importantes para aprimorar a técnica. Eles estimulam a condição aeróbica do atleta, desenvolvem a coordenação motora e a agilidade, fortalecem a musculatura envolvida na biomecânica da corrida, estimulam a propriocepção por meio de momentos de desequilíbrio e promovem maior conscientização corporal. Com eles, é possível corrigir alguns vícios de postura, evitar lesões e render mais em treinos e provas.
Leia Mais

Musculação com orientação ajuda na corrida de rua

É cada vez mais comum encontrar nas academias corredores amadores interessados em fazer musculação com exercícios voltados para melhorar o desempenho nas provas. Os benefícios vão desde a melhora da postura, passando pelo ganho de resistência, até a prevenção de lesões. O militar Márcio Fonseca é um dos que encontrou nessa atividade um complemento para sua preparação para as corridas.

– Eu faço musculação na segunda, quarta e sexta, e terça, quinta e sábado trabalho de corrida. A musculação é focada no trabalho de fortalecimento dos músculos da perna para evitar lesões e aumentar a resistência na corrida também – afirma o militar.

Leia Mais

Entrevista com o Dr. Drauzio Varella pela Runners

Gostei de uma entrevista com o Dr. Drauzio Varella, reproduzindo a matéria aqui no blog:

Eu Corro
Drauzio Varella, 68 anos, médico
Por Julia Zanolli | Foto Renato Pizzutto

Quando eu estava prestes a completar 50 anos, um amigo me disse que naquela idade começava a decadência. Então resolvi fazer alguma coisa legal para comemorar a data e tive a ideia de fazer uma maratona. Já comecei a correr pensando nos 42 km.

Pouco tempo depois, outro amigo me passou um programa de treinos e fui seguindo como podia. No fim daquele ano, corri a Maratona de Nova York em 4h01. Isso foi em 1993, e desde então já participei dessa prova mais umas sete ou oito vezes. Também já corri em Chicago, Berlim e Joinville — meu melhor tempo é de 3h38, em 1994, em Nova York.
Leia Mais

Com o equipamento certo em mãos, é hora de o iniciante montar o treino

Preparador físico ressalta a importância de uma avaliação física criteriosa antes de mais nada e enfatiza que o atleta nunca deve ultrapassar o limite

Com todo equipamento necessário para a prática da atividade física, o próximo passo é montar um treino adequado para cada pessoa. Todos os esportes seguem, basicamente, a mesma lógica: o atleta iniciante deve começar aos poucos e nunca ultrapassar os seus limites.

O preparador físico Christiano Marques ressalta a importância de se realizar uma avaliação antes de montar a série. Em sua assessoria esportiva, são realizados testes de quatro em quatro meses, analisando os alunos de acordo com o objetivo de cada um. E é indispensável a apresentação do atestado médico.
Leia Mais

Dicas para a participação em uma Meia Maratona (21,1 km)

Você treinou e chegou o momento que tanto esperava. Agora, mais que nunca é preciso estar atento para não sair nada errado. Confira as dicas a seguir, que vão ajudá-lo a participar e finalizar com segurança o percurso dos 21,1km da Meia Maratona.

Semana da prova

Descanso: Preste atenção em sua última semana de treino, é importante que você esteja bem não somente no dia da prova, mas durante toda a semana. Procure dormir cedo. A noite mais importante de sono é a de sexta para sábado (caso a prova seja no domingo), pois na noite anterior você pode estar muito ansioso, dormir mal e levantará muito cedo. Leia Mais