Relato – XXI Maratona Internacional de São Paulo

Tempo de leitura: 2 minutos

Cerca de 19.000 atletas estiveram presentes hoje no entorno do Ibirapuera, para realizar a XXI Maratona Internacional de São Paulo, em uma manhã de tempo agradável na capital.

A retirada do kit se deu no Ginásio do Ibirapuera nos dias 14, 15 e 16. Fui no dia 14 logo após o trabalho; sem filas a retirada foi rápida. O local contou com a feira da maratona com stands dos patrocinadores e demais empresas que apoiaram corrida. O Kit veio contendo camiseta, número de peito, chip descartável além dos materiais de merchandising.

O sábado pré prova foi de alimentação a base de carboidratos tanto no almoço quanto na janta além de muito descanso.

Domingo amanheceu nublado, com temperatura agradável, na casa dos 15°C. Levantei as seis, comi um pão sovado, indo para o local da largada, no Ibirapuera – em frente ao Obelisco – às 6h30. Chegando as 7h no local, foi tempo de chegar na área de largada, alongar e aquecer.

Me posicionei no setor verde e aguardei a largada, que foi pontualmente às 7h30. Estava com certo receio por não ter treinado direito, principalmente os longos que comecei na segunda quinzena de março – dois meses antes da corrida, não conseguindo ainda fazer alguns por falta de tempo.

Maratona Internacional de São Paulo
Maratona Internacional de São Paulo

Sabendo o que me aguardaria logo mais, por volta do quilômetro 30, fui em ritmo forte, de meia maratona, desde o início tentando manter um pace na casa dos 5:30min/km para compensar o tempo que gastaria andando logo mais.

Consegui manter este ritmo até o km 19 quando o cansaço começou bater – próximo da entrada da Cidade Universitária. A partir daí foi alternar entre corrida e caminhada até o final. Senti a falta dos longos no quilômetro 32 com um incômodo nos músculos adutores, que meio que obrigava a andar em momentos críticos. Chega a ser curioso a quantidade de gente quebrada nestes quilômetros finais, tem trecho que só se vê gente andando.

Não deixei passar nenhum ponto de hidratação batido. Água na maioria gelada, em todos. A batata foi dado no km 27 e laranja por volta do km 35. Dois pontos de Gatorade, um no km 13 e um segundo no 32 também ajudaram bastante.

Consegui baixar meu tempo em 20 minutos, comparando com minha primeira participação em maratonas, fechando na casa das 4h41.

Foi um belo longo para a maratona do RJ, antes tem uma meia (da Mizuno) pelo caminho, nos vemos nela.

Resultado:

Maratona de São Paulo
Maratona de São Paulo
confirmation_number Número de Peito 3021
supervisor_account Modalidade 42k
access_time Tempo Final 04:40:37
hourglass_full Tempo Bruto 04:48:22
trending_up Classificação Total 1800
trending_up Classificação Faixa Etária 289
timelapse Pace Médio 06:40 min/km
timelapse Velocidade Média 09,00 km/h
folder_shared Categoria M3034
help_outline Outras Informações Garmin

Sobre

Guarulhense, desenvolvedor de softwares e soluções web, apaixonado por corridas, fotografia, viagens e muito rock.

//www.diegoronan.com.br