Relato – 22ª São Paulo Classic – 15º Troféu Zumbi dos Palmares

Tempo de leitura: 2 minutos

Neste domingo, 20 de novembro, foi realizada mais uma edição da SP Classic – troféu Zumbi dos Palmares, agora na edição número 15. Contando com a presença de pouco mais de mil pessoas a prova ocorreu no percurso que envolve o entorno do parque Ibirapuera e Rubem Berta, dividido entre as distancias de pouco mais de 4k ou 10k.

A retirada dos kits se deu na loja da Decathlon do shopping Lar Center, a exemplo das ultimas provas realizadas pela Corpore, nos dois dias que antecederam o evento. Optei por ir retirar sábado a tarde. Sem filas, o kit foi bem básico, contendo camiseta e numero de peito.

Domingo amanheceu bem frio para um meio de primavera, temperatura na casa dos 13 graus, bom para puxar um ritmo forte, sem ter o calor como inimigo.

Sai de casa por volta das 6h, estacionando proximo a Assembleia Legislativa por volta das 6h30. Estranhei o pouco numero de participantes, pouco mais de mil, como disse acima, em um evento que anos atras ja foi cheio, com quase dez mil participantes.

A concentração de publico e estrutura da prova, dessa vez foi próximo ao obelisco. Retirei o chip “não descartável” (não seu o porque da Corpore insistir nisso), guardei os pertences no guarda volumes e encontrei a galera da assessoria.

Depois do alongamento feito, me posicionei para a largada e iniciei mais uma prova. O percurso se deu saindo de frente ao obelisco, na pista que seria a “contra mão” dos veículos, contornando o ibirapuera até o retorno no fim do túnel Ayrton Senna, onde ja havia um posto de hidratação, retornando peto outro lado da avenida no sentido contrario ao que viemos, até cair na avenida Rubem Berta, passando por mais um ponto de hidratação antes de chegar no km 3.5 da prova.

Na Rubem Berta, dessa vez também fomos no sentido inverso ao de costume, na “contra mão” dos veículos, e com mais 4 pontos de hidratação espalhados pela avenida.

Consegui manter um ritmo relativamente bom, na casa dos 5, durante a maior parte do percurso. Só uma ou outra subida que fazia o ritmo cair um pouco, mas nada que não recuperasse logo em seguida. Passando pelo km 8 e o relógio ja marcando 41min, vi que seria difícil atingir o objetivo de abaixar os 50min, precisava fazer os dois últimos quilometro na casa dos 4min/km, ou seja, pauleira.

Fiz o que deu, e acabei fechando em 50m32s, foi quase, mas ok pelas circunstancias – mais pesado e, por conseqüência, lento. Em uma próxima 10k, quem sabe.

Resultado:

SP Classic
SP Classic
confirmation_number Número de Peito 835
supervisor_account Modalidade 10k
access_time Tempo Final 00:50:32
hourglass_full Tempo Bruto 00:50:46
trending_up Classificação Total 175
trending_up Classificação Faixa Etária 27
trending_up Classificação por Sexo 161
timelapse Pace Médio 05:01 min/km
timelapse Velocidade Média 12,00 km/h
folder_shared Categoria M3034
help_outline Outras Informações Garmin

Sobre

Guarulhense, desenvolvedor de softwares e soluções web, apaixonado por corridas, fotografia, viagens e muito rock.

//www.diegoronan.com.br