Meia das Cataratas

Relato – 11° Meia Maratona das Cataratas

Tempo de leitura: 4 minutos

Este foi o ano de correr uma das provas que sempre quis participar, e fui um dos poucos mas de quatro mil corredores que esteve lá para bater a distancia.

Ano passado conheci Foz, visitei as cataratas e ja tinha em mente que pelo percurso ser o trecho da entrada do parque, até as quedas, viria pela frente um percurso difícil, com bastante sobe e desce.

Embarquei para Foz no sábado, umas 7 da manhã, cheguei as 10, depois de fazer uma escala em Galeão / RJ.

Como teria um fim de semana literalmente corrido, resolvi alugar um carro para facilitar, e fui direto para a retirada de kits, que ocorreu no Marco das Três Fronteiras.

Cheguei rápido no local, e fiz a retirada rápida, sem filas, Kit composto por numero de peito, chip, camiseta, alem de alguns papeis com descontos em lojas, restaurantes e entretenimento local.

Gostaria de ter ficado mais tempo no local, mas estava com tempo “cronometrado”, havia muita coisa a fazer ainda no dia e sai rápido, direto para o hotel, no centro de Foz.

Depois de almoçar, passei a tarde andando pelo Paraguai, e em terras tupiniquins, a noite, fiz o passeio da iluminação noturna da usina de Itaipu, o que faltou fazer na ultima vez que estive na cidade, por se tratar de uma atração que ocorre em dias específicos.

Cheguei no hotel por volta das 22 horas. A largada estava programada para as 8:30. Com o café da manha do hotel iniciando as 7, deixei para acordar próximo a isto, me trocar, tomar o café e sair, sabendo que estava a uns 40 minutos do local da largada.

A parte corrida do domingo ja começou ai. Sai do hotel quase 7:30, chegando pouco depois das 8 no estacionamento do parque de foz, que estava gratuito para corredores, e ja lotado. Me pediram para deixar em um canto qualquer que não atrapalhasse os outros, deixei e fui para os ônibus abertos, de turismo, que fazia o transporte até a largada.

Para acessar os ônibus houve um pouco de fila, mas nada de mais de 5 minutos. O trecho da entrada do parque até a largada, na parte de cima do ônibus, com vento, foi bem tensa. Cerca de 10 km de muito frio!

O ônibus nos deixou em frente a um hotel rosado, próximo as trilhas das cataras, os últimos metros até a largada seria mesmo a pé.

Cheguei em frente ao pórtico umas 8:25, com a largada da categoria especial. A 5 minutos da minha categoria, de 21k.

Deixei no guarda volumes minhas coisas enquanto escutava a corrida iniciando ao fundo.

Saí então com a “turma do fundão” e assim iniciou mais uma meia maratona. Apesar do sobe e desce, havia apenas uns quatro trechos com uma subida bem pesada, no inicio/fim da prova, e outro na metade do percurso, com trecho bem longo de subida, ou bem acentuado.

Apesar de oficialmente a hidratação ser a cada três km, extra oficialmente acabou sendo a cada 2, até 1 dependendo da região, por se tratar de um percurso vai e volta, os pontos da volta foram atacados logo na ida. O staff estava bem animado nos pontos de hidratação.

Houve também um ponto de gatorade no km 10, logo no retorno, e dois pontos com musica, no km 4 (17 na volta), e no retorno no km 10.

Apesar de todo o frio na ida, a corrida em si foi tranquila quanto a isso, ficou um tempo agradável, até ideal, para fazer um bom tempo.

Fechei os 21k em 1:52, bem melhor do que planejava, pelo percurso pesado e por ter andado demais, zero de descanso, no dia anterior.

Terminando a corrida, foi fazer a foto da medalha e esperar o ônibus que levaria para a entrada do parque.

Perguntei na retirada dos kits, e informaram que ele estaria pegando todo mundo no ponto em frente ao hotel. Cheguei la, bastante fila e nada de ônibus. De repente começou a aparecer, mas vindo la de baixo, da largada, e todos cheios.

O problema disso tudo é que tinha que fazer o checkout do hotel meio dia, e estar as 13hrs no aeroporto, para devolver o carro.

Os ônibus, até as 11, só passavam direto.

Como disse inicialmente, precisaria de uns 40 minutos de estrada, somando a 15 do ponto até o estacionamento, tomar banho e voltar para o aeroporto que ficava do lado de onde estava. Uma correria do cão!

Não era algo que estava nos planos, e sim terminar a corrida nas 2h, ja estar no carro voltando umas 10:50 e não passar tanto estresse desnecessário.

Umas 11:15 os ônibus começaram a passar no ponto onde estava, quando embarquei. Foi voltar para o hotel “voando”, tomar um banho rápido, fazer o checkout e chegar na localiza para devolver o carro, umas 13:05.

Deu tempo, mas serviu para pensar melhor na logística para a maratona de Buenos Aires, para não passar um perrengue similar.

Resultado:

Meia das Cataratas
Meia das Cataratas
confirmation_number Número de Peito 380
supervisor_account Modalidade 21K
access_time Tempo Final 01:52:07
hourglass_full Tempo Bruto 01:54:57
trending_up Classificação Faixa Etária 58
trending_up Classificação por Sexo 366
timelapse Pace Médio 5:18 min/km
timelapse Velocidade Média 11,30 km/h
folder_shared Categoria M3034
help_outline Outras Informações Garmin

Sobre

Guarulhense, desenvolvedor de softwares e soluções web, apaixonado por corridas, fotografia, viagens e muito rock.

//www.diegoronan.com.br