Hipertensão e Corrida

Tempo de leitura: 1 minuto

No Brasil hoje, a população de hipertensos é de 17 milhões de pessoas.

É sabido que a atividade física é benéfica para o tratamento de várias doenças, com a hipertensão não é diferente.

A corrida é uma das melhores armas no combate da hipertensão, prevenindo ou remediando.

Para quem é hipertenso a prática de atividades aeróbias auxiliam na:

  • Diminuição nas doses de medicamento.
  • Redução da pressão arterial.
  • Prevenção de problemas futuros. (Diabetes, Obesidade)

Como já disse a corrida trás aos hipertensos muitos benefícios, porém é importante que, como em qualquer situação onde há diagnósticos de doenças pré-existentes, antes de poder praticar qualquer tipo de exercício físico, seja corrida ou outra modalidade, a pessoa precisa consultar-se com seu médico e fazer exames, neste caso especifico de hipertensão o teste ergométrico é muito recomendado, até porque necessita verificar alguns fatores como riscos cardiovasculares que possam estar associados á pressão alta.

Após essa prévia avaliação médica e do profissional de educação física que irá acompanha-lo, inicie seu treinamento praticando corridas em lugares planos e com muito verde, com duração média de 40 minutos de três a cinco vezes por semana. Não abuse nos treinamentos, faça também exercícios localizados e não se esqueça do alongamento e lembre-se que a musculação e isométricos são contra indicados aos portadores de hipertensão, e se o fizer sempre com prescrição.

Faça seus treinamentos, é saudável, porém não se esqueça de manter o acompanhamento com seu médico.

Então não pare. Corra!

comente no Folego ou no Twitter @jrdelia.

Abraços D’Elia

Fôlego

Sobre

Guarulhense, desenvolvedor de softwares e soluções web, apaixonado por corridas, fotografia, viagens e muito rock.

//www.diegoronan.com.br