28 Praias Ubatuba - 21k - 2017

Relato – 7º Desafio 28 Praias Ubatuba – Costa Norte

Tempo de leitura: 5 minutos

Apesar de ja ter corrido algumas vezes em circuitos envolvendo areia e praia, inclusive a Bertioga – Maresias, esta foi a primeira vez que faço uma prova realmente trail, solo, e de longa distância.

Entrei para esta prova meio que de paraquedas, decisão bem de última hora, tanto que praticamente encavalei com a Meia de Sampa, no próximo domingo.

28 Praias Ubatuba - 21k - 2017
28 Praias Ubatuba – 21k – 2017

Inscrito para o solo, 21K, a organização deu a opção de retirar o kit na terça (26) e quarta (27) em São Paulo, ou na véspera da corrida, dia 29 em Ubatuba. Em São Paulo, que foi minha opção, a retirada ocorreu na Decathlon do Carrefour Vila Lobos. Fiz por volta das 16 horas da terça, não havia praticamente ninguém no local, foi bem rápido.

Kit bem simples por sinal. Pelo valor da inscrição (R$185,00) poderia ser melhor. Este esteve composto por Camiseta, Número de Peito, Apito e Chip.

Com o kit em mãos, CamelBack, óculos, viseira e demais acessórios separados, restou descer para o litoral para passar a última semana de férias e terminar de se preparar para a prova.

Quinta ja deveria descansar, mas fiz meu treino de tiro na praia, e sexta deixei de descanso.

Preparando as roupas da prova, quando peguei meu número de peito, li “solo 42k”. Achei que tinham me inscrito errado e comuniquei a organização pelo único modo que disponibilizam, e-mail, onde tive uma resposta automática e totalmente fora de contexto do que havia questionado. Como não havia tempo de mais nada, deixei para questionar o staff na hora.

Sábado, dia da prova. O tempo amanheceu bem fechado, com chuva. Acordei cedo, as 6, tomei café e as 6:30 estava na estrada, saindo de Caraguatatuba, rumo a Ubatuba. O Waze apontou que chegaria a cerca de 10 minutos do início, as 8:10.

Estacionei nas ruas próximas a praia, e, pela praia mesmo, me dirigi a largada. Estava meio longe, foi uma boa caminhada ai em areia fofa.

28 Praias Ubatuba - 21k - 2017
28 Praias Ubatuba – 21k – 2017

Cheguei exatamente com a saída do pelotão dos 21k e início da prova, atrasado. Antes de correr, procurei o staff e perguntei a respeito da minha inscrição, o mesmo comentou que havia mais gente com número impresso errado mas não teria problemas, poderia seguir assim, e larguei… olho para frente: o Rio Itamambuca, que da nome a primeira praia do circuito, e o tênis ja era, encharcado.

28 Praias Ubatuba - 21k - 2017
28 Praias Ubatuba – 21k – 2017

Passando o rio, entramos por algumas ruas e trilhas; antes de terminar o primeiro km, parou tudo, literalmente. Quase 20 minutos para atravessar o primeiro trecho difícil do percurso; local que já vinha gente carregada, voltando, com entorse. Apesar da trilha ser bem curta, cerca de 300 metros, juntou os fatores de terreno molhado, muita gente e corda para ajudar a subir.

28 Praias Ubatuba - 21k - 2017
28 Praias Ubatuba – 21k – 2017

Passado este primeiro desafio, pegamos um pouco de asfalto da rodovia Rio Santos, onde foi possível visualizar a “Praia do Alto” (literalmente rs), até chegar a “Praia Vermelha”. Com acesso por uma pequena trilha, nela adentramos e alternamos entre trecho de praia e trecho de trilha, até o final desta. Por uma curta trilha, fácil, chegamos a “Praia Barra Seca”.

28 Praias Ubatuba - 21k - 2017
28 Praias Ubatuba – 21k – 2017

Nesta praia, mais um rio pelo caminho, o Rio Indaiá, este bem curto, sem muito problema com perda de tempo. Seguindo, a praia muda o nome para “Perequê-Açu”, onde terminando, estamos no km 8 da prova.

 

Se houvesse placa de quilometragem no caminho, a do km 9 seria praticamente um “Are you sure?”. Este trecho, uma trilha 2kms, em condições normais de tempo com terreno seco, creio que teria uma fila; a subida é um pouco pesada, íngreme, mas levaria no máximo 20 minutos para percorrer estes 2k, ja que não teria aquele problema de ficar escorregando em todo lugar que pisa. Este é o problema, demoramos quase 3x mais, praticamente 50 minutos para atravessar. Subida e descida íngremes, ambas exigiam uso de corda, e para dificultar não havia este auxilio em várias partes em que seria necessário. Foi na base de subir engatinhando, se apoiando e se cortando em arvores, arbustos, etc. Nessas horas luva cairia bem. Não é um trecho muito legal para quem sofre de claustrofobia, havia gente passando mal no caminho. Encontrei um amigo da assessoria neste pedaço. Foi neste ponto que a elite dos 42 passou por nós, pior que subiram e desceram aquilo como se estivessem fazendo parkour, experiência é outra história.

28 Praias Ubatuba - 21k - 2017
28 Praias Ubatuba – 21k – 2017

Saindo deste trecho pesado, cruzamos uma pequena ponte e damos acesso a “Praia de Iperoig”, local do PC 04 – Cruzeiro, local com ponto de transição do revezamento e a marca da metade da prova para nós, do solo 21k, também foi o único ponto de hidratação da corrida. Parei neste ponto alguns minutos para dar uma limpada nas mãos e beber um pouco de água, o CamelBack ja precisava ser reabastecido.

Passado o PC 04, foi praticamente outra prova. O próprio tempo no relógio mostra que mesmo andando em alguns pontos íngremes, foi feito com uma diferença de mais de meia hora comparando com a primeira metade.

28 Praias Ubatuba - 21k - 2017
28 Praias Ubatuba – 21k – 2017

A “Praia de Iperoig”, depois do Rio Barra da Lagoa (este atravessamos desviando por uma ponte), vira a “Praia de Itaguá”. Neste ponto notei muita gente correndo no sentido contrário, achei estranho, até pensei que era gente fazendo aquecimento, só descobri que este trecho na volta era o final da prova.

Por volta do km 13,5, chegamos a uma subida bem íngreme. Já não tinha pernas para mais nada, subi andando o trecho de 1km. Contornamos a montanha e acessamos a “Praia Vermelha do Centro”, e em seguida a “Praia do Tenório”, uma praia bem curta, local de parada para comprar uma coca cola e água gelada.

28 Praias Ubatuba - 21k - 2017
28 Praias Ubatuba – 21k – 2017

Depois desta praia, a corrida fica praticamente urbana; corremos o km 18 para acessar um trecho de 100 metros da “Praia Grande”, que ao sair dela voltamos para a rua, completando via beira mar a prova, na Praça de Eventos. Não importa seu tempo ou colocação, a prova termina sendo recebido com a faixa no peito.

28 Praias Ubatuba - 21k - 2017
28 Praias Ubatuba – 21k – 2017

Foi uma experiência divertida, dolorida, dor alias que rendeu a semana toda. Pretendo repetir mais vezes, e talvez ano que vez faça os 42 nela. Tempo nela é o de menos, se 21k foram em 3h30, 42k jogamos para umas 7h de prova. Só preciso saber como são os 21k anteriores a que larguei.

Resultado:

28 Praias Ubatuba - 21k - 2017
28 Praias Ubatuba - 21k - 2017
confirmation_number Número de Peito 42208
supervisor_account Modalidade 21Km
access_time Tempo Final 03:38:43
access_time Tempo Relógio 02:38:54
hourglass_full Tempo Bruto 03:42:34
trending_up Classificação Total 362
trending_up Classificação Faixa Etária 108
trending_up Classificação por Sexo 265
timelapse Pace Médio 07:17 min/km
timelapse Velocidade Média 7,8 km/h
folder_shared Categoria M-30-39
help_outline Outras Informações Garmin

Sobre

Guarulhense, desenvolvedor de softwares e soluções web, apaixonado por corridas, fotografia, viagens e muito rock.

//www.diegoronan.com.br